Pe de Xumbo logo
Língua:
Início

"Era uma tela em branco" a nova criação PédeXumbo

Um espetáculo para a infância - estreia dia 6 de maio n' abruxa Teatro

Há um mês em residência artística Ana Silvestre e Márcio Pereira criam um espetáculo para a infância. Era uma tela em branco  é um espetáculo onde através de cores se exprimem emoções. O amor e a raiva têm a mesma cor? Porque é que eu visto azul se gosto mais de cor-de-rosa? E o medo é preto? Então se eu estou com medo, porque é que não vejo nada preto à minha volta? Estreia dia 6 de maio no espaço d'abruxa teatro, antigos Celeiros da EPAC, Évora, pelas 16h.

Baile com Nat-U-Ra nos Celeiros!

O duo recém formado, composto por Rafael Gomes e Natércia Lameiro - Nat-u-Ra, trazem as suas duas concertinas até Évora para um baile concerto folk que irá colorir ainda mais a primavera alentejana! Não percam, sexta-feira dia 13 de abril, a partir das 22h00, no Espaço Celeiros, esta noite de música e dança! Mais informações aqui. Bilhetes à entrada.

Tomada de Posição após reunião entre Agentes Culturais e a Câmara Municipal de Évora

A Câmara Municipal e os agentes culturais e estruturas artísticas do concelho de Évora que se candidataram ao Programa de Apoio Sustentado às Artes, da responsabilidade do Governo / Ministério da Cultura, reuniram para analisar as consequências dos resultados do concurso que agora foram tornados públicos, que reduzem significativamente os apoios e excluem agentes que durante muito tempo garantiram e garantem a produção artística e cultural em Évora e no Alentejo. Principais conclusões da reunião: 1. Reiterar a necessidade de se colocar fim ao subfinanciamento da cultura e exigir o cumprimento dos princípios constitucionais do acesso à criação artística e à fruição da cultura para todos e em todas as regiões do país. 2. Exigir o reforço financeiro imediato do Programa de Apoio às Artes que garanta a continuidade de projectos que se revelam decisivos para o desenvolvimento de Évora e do Alentejo, para o combate às assimetrias regionais e sem quais se assistirá ao aprofundar da centralização e litoralização da vida cultural e artística do país. 3. Considerar premente uma reformulação do apoio público às artes, com a garantia de sustentabilidade plurianual, com o reconhecimento do histórico do trabalho efectuado, com a necessária alteração e simplificação dos procedimentos e a criação de novas linhas de apoio que dêem resposta a necessidades crescentes nestas áreas de intervenção. 4. Alertar que, em Évora, onde a actividade artística e cultural assume primordial importância, os resultados tornados públicos assumem uma séria ameaça à existência de criadores e agentes, pondo em causa postos de trabalho e uma oferta cultural diversa, reconhecida nacional e internacionalmente. Recusamos a morte, por asfixia financeira, de criadores e agentes que com a sua actividade transformam diariamente este território e que merecem da parte do Governo o respeito que lhes é devido. 5. Considerar que este não é apenas um problema de artistas e agentes. É, acima de tudo, um problema das populações que habitam este território e que têm a cultura como uma das mais importantes alavancas de desenvolvimento. 6. Apelar à participação em todas as acções de luta e de pressão, que visem a alteração e o reforço das políticas de apoio às artes e o fim do seu subfinanciamento. 7. Manifestar solidariedade com todos os criadores e agentes nesta luta em defesa da cultura e de quem a faz, sublinhando que recusamos a redistribuição das migalhas antes exigimos um reforço efectivo do financiamento disponibilizado para o apoio às artes no âmbito de uma política que reconheça a importância da cultural, da descentralização cultural e do desenvolvimento de cada Região.

Mais Cultura, mais Vida!

A PédeXumbo acredita na cultura e luta pelo direito à mesma. Estamos juntos no apelo #cultura acima de zero!  Queremos que a Cultura em Portugal seja valorizada, descentralizada e apoiada de forma justa pelas entidades competentes. A PédeXumbo está solidária com as companhias, associações e diferentes projetos de teatro, dança e pluridisciplinares, que viram o seu apoio reduzido, e em muitos casos retirado. "A cultura é uma necessidade imprescindível de toda uma vida, é uma dimensão constitutiva da existência humana, como as mãos são um atributo do homem." José Ortega y Gasset
[ Mostrar todas as notícias ]
< >
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Aguarde...
Loja Online
Livros, música, documentários
Entrar
Apoios:
Parceiros de Comunicação: