Língua:
Início

A PédeXumbo no II Encontro de Programadores do Folk Celtibérico

Hoje, dia 23 de junho pelas 19h15 no II Encontro de Programadores do Folk Celtibérico, que se realiza no programa do Festival Poborina Folk, em Turuel, Espanha, Juanramon Campos, Gestor de Projetos da PédeXumbo e Coordenador Executivo da Programação do Festival Andanças, vai falar por  Skype sobre o Projeto In-Folks, inserido no painel Associativismo e Redes de Festivais. In-Folks é uma rede de festivais internacionais folk, que começa a dar os seus primeiros passos na divulgação da música e dança folk, promovendo a mobilidade de artistas a nível internacional. Para saber mais sobre este projeto e se candidatar enquanto membro consulte o site aqui.

PédeXumbo programa baile na Festa do Solar em Almada

A PédeXumbo vai programar um baile dos Laefty Lo na Festa no Solar - Sabores, Saberes, Memórias - "Migrações -Almada, Terra de Todas e Todos!", no Solar dos Zagallos. O baile será no sábado, dia 25 de junho pelas 20h30. Esta é uma iniciativa que pretende comemorar a chegada dos Europeus  às Americas, um momento histórico que marcou a descoberta de novas tradições, cores e paladares. A entrada é livre. Mais informações aqui.

Pedem-te a Mão e Tu Dás o Braço, a nova produção de baile da PX

Recolheram-se danças, cantares e outras expressões tradicionais populares, trabalhou-se a interação entre intérpretes e públicos e, aos poucos, foi nascendo a nova produção da PédeXumbo, Pedem-te a Mão e Tu Dás o Braço. Neste baile-espetáculo, o espetador é colocado no lugar de ator e bailarino, convida-se à reflexão (ainda que inconsciente) sobre a semiótica do corpo que se dualiza em objeto-observador, capaz de interiorizar e interpretar signos exteriores que o rodeiam. Signos que tocam a construção do Outro a partir do EU. Eu e e Eu, o Outro e Eu, e todos dançam! Pedem-te a Mão e Tu Dás o Braço tem a direção artística e figurinos de Diana Regal, os mandadores de baile são Márcio Pereira e Marta Guerreiro, e a música da autoria de Tozé Bexiga.

A Dançar no Andanças

Com a Dança na sua essência, o Andanças deu os seus primeiros passos, e com a Dança foi crescendo, celebrando este ano 20 anos a dançar o mundo, a música, a partilha, a alegria, a tradição, reinventando e interligando gerações. Este ano voltamos a propor um programa repleto de oficinas que nos farão viajar pelo mundo ao ritmo dos nossos pés. Começando pelas danças tradicionais deste local, como as Saias de Castelo de Vide, rumamos às Valsas Mandadas da Serra de Grândola, ao Fandango Ribatejano, e chegamos até às Chamarritas dos Açores, aos Viras Minhotos e a muitas outras danças tradicionais portuguesas. Deixam-se as fronteiras do nosso cantinho à beira mar e bailaremos os sons que nos chegam  da Irlanda, da França, da Roménia, da Bulgária. Da Europa seguimos até à America Latina, com o Forró, o Samba, a Salsa, o Mambo, o Tango, subindo ao Norte do continente para dançar  Swing,   Lindy-hop e Tap Dance. A África chegaremos através  das oficinas de Kizomba, Semba, Funaná, Kola San Jon, Coladera. De partida para outros destinos exóticos, o corpo poderá mover-se ao ritmo das Dabkas de estilo árabe, ou das danças Sefarditas, ou até nas expressivas e divertidas danças Hassídicas, Yiddish e  Iemenitas que nos chegam do Médio Oriente. A Dança Kathak para os que se quiserem aventurar até à Índia. Entretanto noutras viagens, sempre percorridas com o corpo, poderemos experimentar a Conexão de Escuta no Baile ou até uma Dança Sufí. As escolhas e os movimentos que lhe propomos são muito diversos, acompanhe aqui a programação do Andanças.
[ Mostrar todas as notícias ]
< >
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Aguarde...
Loja Online
Livros, música, documentários
Entrar
Apoios: